sexta-feira, 17 de abril de 2009

MP ameaça processar gestão Kassab, mas quando?


O Ministério Público Estadual (MPE) ameaça processar por improbidade administrativa o gestor público municipal que assinar novos contratos para o fornecimento de merenda para a rede escolar da capital paulista. O promotor Silvio Antonio Marques, da Promotoria de Justiça da Cidadania, disse ontem estar convencido de que a terceirização do serviço é prejudicial aos cofres municipais e à saúde dos alunos. Marques também quer saber do prefeito Gilberto Kassab (DEM) se os contratos com as empresas investigadas sob suspeita de fraude em licitações, formação de cartel e corrupção serão ou não rescindidos.

O prazo de 45 dias estipulado pelo MPE venceu na semana passada. O pedido para que a Prefeitura reassumisse a preparação da merenda foi feito em fevereiro, após denúncias de que as prestadoras de serviços teriam montado um esquema fraudulento para vencer as licitações. Também foram constatadas diversas irregularidades. Num dos casos levados ao conhecimento dos promotores, uma única salsicha era dividida entre três alunos. Esse modelo de terceirização é equivocado e causou superfaturamento de preço e pagamento de propina para funcionários públicos, afirmou Marques.


1 Comentários:

  • sábado, 18 abril, 2009
    Pierre Disse:

    Olá, há muito acompanho este blog, do qual gosto muito. Agora tenho meu próprio blog, e deixei lá um link para o seu. Parabéns, abraços!

    delete

Postar um comentário

 

Consciência Política Copyright © 2011 -- Template created by Consciência Política --